domingo, 13 de fevereiro de 2011

Resultados do fim de semana

Benjamins : Norte e Soure - 1 - Casa do Povo - 7 - (Taça AFC)
Neste 1º jogo de acesso à Final Four da Taça, os nossos Benjamins não deram qualquer hipótese à forte equipa de Soure, actual 2ª classificada no Campeonato. Com uma ala esquerda a funcionar em pleno (Alex e Nuno), fizémos uma 1ª parte "de luxo", marcando 3 golos e ficando mais alguns por marcar, nuns 20 de minutos em que o nosso guarda redes Cláudio não fez nenhuma defesa. Na 2ª parte, os golos continuaram a aparecer e por isso aproveitámos para rodar todos os 12 jogadores, salientando-se o golo do nosso capitão Paulo, num jogo que tornámos fácil, graças à grande aplicação de todos os meninos.
Marcadores ; David, João Guilherme, Paulo e Nuno (4).
(Em Soure, os Benjamins avançaram para a Final Four da Taça AFC)
_________________________________________________
Infantis : Casa do Povo - 4 - Miro - 2 -
Continuamos na "perseguição" ao Ervedalense e este jogo foi mais um dificil teste às nossas capacidades. Contra um Miro muito fechado no seu meio campo, estivemos algum tempo a perder 0-1, a que só um forte remate de Bruno Miguel conseguiu contrariar, atingindo-se o intervalo com 1-1. Na 2ª parte, conseguimos marcar mais 3 golos, mas sem nunca fazer uma grande exibição, pois a equipa de Penacova continuava muito recuada, não concedendo espaços aos nossos jogadores. Cumpriu-se o objectivo (ganhar os 3 pontos), mas concluímos que cada vez mais, as vitórias vão sendo mais dificeis de atingir.
Marcadores : Zé Mário (2), Rafael e Bruno Miguel.
(Os Infantis ganharam ao Miro, com um bom golo do ala Rafael)
__________________________________________________
Iniciados : Norte e Soure - 0 - Casa do Povo - 9 - (Taça AFC)
Com este resultado, quase carimbámos a passagem à Final Four da Taça, um prémio justo para a excelente tarde dos nossos iniciados. Ao mesmo tempo, perguntamo-nos como foi possível ter empatado uma semana antes, neste mesmo pavilhão, contra esta mesma equipa, em jogo para o Campeonato...
Talvez a diferença de atitude explique a diferença entre os 2 jogos, mas todos os jogadores de todos os escalões deveriam perceber que é preciso encarar todos os jogos com a mesma atitude e que só dessa forma se consegue vencer.
Estes 9-0 resultaram de uma exibição perfeita, em que a nossa equipa teve um indice de finalização elevado, marcando golo em quase todas as oportunidades de que dispôs. Com o avolumar dos golos, a equipa de Soure foi baixando os braços lentamente, sem capacidade de reacção à nossa excelente exibição.
Marcadores : Nuno, Renato, Cortez (2), Caça (2) e Leo (3).
(O fotógrafo não foi a Soure, mas os jogadores Iniciados merecem algumas fotos...)
__________________________________________________
Seniores : Casa do Povo - 12 - Santa Ovaia - 1 -
O adversário só tinha 6 jogadores disponíveis e por isso optou por jogar em contra ataque e deixar todos os seus 4 jogadores de campo praticamente "encostados" ao seu guarda redes. Demorámos algum tempo a marcar o 1º golo (por Laranja), mas a partir daí o desiquilibrio foi ainda mais claro, num jogo com um só sentido : a baliza do Santa Ovaia.
Foi um jogo que parece não ter motivado alguns dos nossos jogadores, talvez por não sentirem necessidade de "jogar a sério", numa atitude negativa que não se compreende em jogadores seniores, já com alguma experiência.
Simultaneamente, tivemos alguns momentos de bom futsal, com circulação rápida da bola e com bastantes oportunidades de golo, o que fez "brilhar" o guarda redes contrário.
Marcadores : Satan (2), Laranja, João Pedro (5), Diogo Lucas (2), Parreira, Luís Ferreira.
(Os Seniores golearam o Santa Ovaia e "perseguem" a subida de Divisão)__________________________________________________

9 comentários:

fcarvalho17 disse...

Quero deixar bem claro que admiro muito o Mister Fachada, acima de tudo admiro o seu trabalho em prol da instituição e, prova desse trabalho é a criação deste blog que permite a todos os interessados seguirem os resultados de todos os escalões da Casa do Povo, pois tendo a Casa do Povo a equipa de Benjamins em 1º lugar sem derrotas e estando nos quartos-de-final da taça, a equipa de infantis em 2º lugar e nos quartos-de-final da taça, a equipa de iniciados em 2ºlugar sem derrotas e nos quartos da taça, os juvenis na 2ª fase do campeonato e nos quartos da taça, os seniores em 2º lugar e nos quartos da taça, pergunto, quantas notícias saíram no jornal "Mirante"? Aqui está a prova de que o Mister Fachada é bem mais que Mister.

Passando ao que me fez vir aqui escrever:
"Foi um jogo que parece não ter motivado alguns dos nossos jogadores, talvez por não sentirem necessidade de "jogar a sério", numa atitude negativa que não se compreende em jogadores seniores, já com alguma experiência."

Ao ler a crónica do jogo de seniores deparei-me com este parágrafo que me fez sentir na obrigação de, pela primeira vez desde o início de época, vir escrever ao blog.
Os jogadores seniores não estão motivados? Tenho em média 10/12 atletas nos treinos desde o inicio de época (em equipa que não paga), tenho atletas que não são de Miranda e se deslocam no seu próprio carro para os treinos (Falcão, Garola, Micael), atletas que se levantam as 5:30 da manhã e trabalham até as 19hrs e vão treinar às 21 hrs (João Pedro), atletas que quando querem sair mais cedo, não deixam de ir treinar mas ainda vão treinar sozinhos antes do início do treino (Laranja), atletas lesionados que vão fazer tratamento mesmo nos dias em que não há treino (Satan), atletas que andam em exames na faculdade e vão treinar (Febras, Ventura, Dp, Mário), atletas que vão trabalhar às 22hrs de sábado e ainda assim vão ao jogo (Paulito), atletas que se lesionam e perguntam o resultado, que vão ver os jogos, que não deixam a equipa (Rafa), atletas que só falharam 2/3 treinos (Branco), atletas que querem aprender cada vez mais (Parreira) e leio aqui que não estão motivados?
Os atletas que não levaram este jogo a sério estavam a ganhar por 7/8 golos de diferença e iam buscar a bola dentro da baliza do adversário para marcar mais golos, estes atletas são o melhor ataque da região de Coimbra com 83 golos, em 3 jogos com esta equipa marcaram 12 golos em cada um deles e não jogaram a sério?
Estes atletas que não pareceram motivados, têm a vontade de dar um titulo senior à Casa do Povo que, não sei se alguma vez ganhou algum, mas pelo menos nos ultimos 10 anos não ganhou!

Mister, tenho que discordar da sua observação, se há coisa de que os meus jogadores não podem ser acusados é de falta de atitude, motivaçao, querer!

Franclim Carvalho

Adriano Silva disse...

DESDE JÁ DOU OS PARABENS A ESTA EQUIPA DE MIRANDA , MUITO FORTE BEM ORGANIZADA E COM GRANDES JOGHADORES, NA EPOCA PASSADA:2009-2010 TIVE O PRAZER DE JOGAR CONTRA O MIRANDA E ESTA EQUIPA ERA MUITO DIFRENTE , MAIS FRACA ESTE ANO MUITA COISA MUDOU ,.... E ESTÃO DE PARABENS ....

ABRAÇOS E SAUDAÇÕES DESPORTIVAS

Anónimo disse...

GOSTAVA DE SABER AINDA SE ALGUEM TEM FOTOS DO JOGO , SE TIRARAM A ATLETAS DO SANTA OVAIA ! ABRAÇOS

Anónimo disse...

As considerações que o Franclim faz acerca do desempenho do Fachada, são partilhadas por mim e como tal assino por baixo: há um Futsal de formação na Casa do Povo que sem o Fachada não seria o mesmo.A deslocação a Loures para defrontar o Sporting e o jogo que nos enche de orgulho na recepção à equipa de Alvalade em Miranda, são o talvez, o epílogo do seu trabalho. Bem haja para sempre mister Fachada, pelos momentos sublimes que viveram os atletas, familiares e simplesmente conterrãneos!
No comentário acerca do jogo Casa do Povo - Santa Ovaia em séniores, tenho que admitir que não concordo em absoluto com a ideia de que alguns jogadores não terão encarado o jogo com a seriedade que se impunha e que não se terão motivado o suficiente. Amigo Fachada, até parece que não vimos o mesmo jogo: ganhámos com categoria por 12-1, vimos uma equipa disciplinada tecnica e tacticamente e a gerir todo o tempo o esforço: um regalo para quem está encostado ao varão (desculpem o termo, mas é mesmo um varão que nos agarra ao jogo!)
Aproveito para publicamente me retratar e pedir desculpa pelo juízo de valores que fiz, embora apenas em pensamento, acerca do Franclim, quando foi apresentado na reunião de direção da Casa do Povo. Parecia-me estar perante um miúdo arrogante e sem experincia; puro engano felizmente e é com prazer que me penitencio: o Franclim é disciplina e rigor, qualidades que muito aprecio. A Casa do Povo está grande e com cada vez mais valores. A equipa sénior com a sua organização veio acrescentar valor e auguro um futuro risonho para esta casa.
rui lucas

Anónimo disse...

Realmente tem um excelente ataque como diz 83 golos, esqueceu-se de dizer é que a defender sofrem muitos golos que não deveriam sofrer, e os guarda-redes até são bons. Talvez fosse preferivel não marcar tantos e não sofrer nenhum. Quanto ao título era bom que acontecesse, mas dúvido muito se não corrigirem a meira de defender.

Pedro Francisco

Anónimo disse...

Concordo inteiramente com o Sr Pedro Francisco, realmente a defender a CP Miranda é muito fraquinha, e não se pode pensar só em marcar golos, porque o Futsal o segredo está em defender, porque golo poderá acontecer a qualquer momento.

Pedro Cacho disse...

O mais difícil já têm: marcar muitos golos. A maior dificuldade da defesa é encontrar o reconhecimento dos outros - e consequentemente do próprio, da qualidade desse trabalho. Logo que os jogadores vejam um roubo de bola como uma acção de mérito semelhante, por exemplo a uma assistência para golo, passarão a investir muito mais neste capítulo, com benefícios crescentes não só na defesa, mas tb no nº de transições rápidas para golos fáceis. Tb é natural que o crescimento defensivo surja mais tarde, se a opção técnica foi dar primazia ao mais difícil no início da temporada.

Anónimo disse...

Fachada, Rui lucas, Franclim Carvalho, só cá faltava mais um para opinar. São várias visões com um propósito: o de sermos cada vez melhores, na organização dentro e fora do campo. O Frank veio preencher uma posição que fazia falta à equipa e que o Mister Pedro reivindicava há algum tempo, não é fácil encontrar alguém disponível com as qualidades dele, tem idade de miúdo mas a experiência e a vontade de aprender dos mais sábios. É uma honra poder partilhar o tempo com ele, nos treinos ou fora dele e isto é partilhado por todos os elementos. A equipa técnica dos seniores está muito bem entregue e só tenho de agradecer, enquanto director, a vinda dos novos elementos como o Frank e o To Mané que trouxeram uma dinâmica de trabalho que o Mister Pedro já merecia ter ao dispor e que o liberta para desempenhar essencialmente o papel de treinador. O Frank defende os seus jogadores e bem. Muitas vezes, a atitude dos jogadores que passa para o espectador não tem nada a ver com a vontade de fazer mais e melhor. O trabalho está a ser bem feito mas pode ser sempre melhorado e por isso se exige, porque quem conhece estes jogadores, como o Fachada conhece, sabe bem que podem fazer coisas bonitas, como disse um dia o Artur Jorge. Não esqueço o Mário, o Tó Fisio e o Zé Bento que nos tornaram mais organizados e, hoje, somos um clube mais apetecível para os jogadores, porque muitas vitórias se conquistam fora do campo e o importante é que todos se sintam bem quando entram na casa do povo. E isto não é conversa de derrotado porque é para ir ganhar a Pouca Pena! Tenho dito… Claudio Domingos

Anónimo disse...

tantos méritos e considerações...outras tantas de apupus...acentam que nem uma luva de pelicia